O Infinito é Tudo ou é Nada ou Muito Mais

Segundo o mundo científico, o Universo é um conjunto de tudo o que existe. Porém, nesta infinita extensão, há milhões de universos, assim como existem milhões de galáxias e dimensões diferenciadas. Em termos Universais, espaço/tempo é a eternidade.

Segundo o Livro de Urântia, o grande e infinito Universo é formado por um espaço/Universo manifestado onde existem Sete SuperUniversos, sendo que cada um destes também possui milhares de outros tantos Universos e outros milhões de Sistemas Solares, é algo sem fim, inimaginável. Impossível é colocarmos um limite ao espaço sideral.
E dentro deste Espaço Universal, o que é o INFINITO ?

Na nossa concepção de seres da terceira dimensão o Infinito é um espaço que não tem começo e não tem fim. Assim como “eternidade” que não é suscetível à medidas.

Alguns cientistas ao perscrutar distâncias imensuráveis, chegaram a um vazio, segundo eles, aterrador…porque nada detectaram além. Argumentam ainda, que nós estamos fechados num espaço finito. Há, ainda, muitas dúvidas referentes a essa teoria.

Na verdade, nossa ciência está muito distante de saber o que existe no grande Universo.
Porém, temos uma declaração/afirmação de um parceiro das estrelas, que diz: “vocês estão presos dentro de um limitado espaço desse imenso Cosmos, espaço que denominam de “INFINITO”. O Símbolo, deste espaço, todos o conhecem, é o oito deitado, também chamado de Lemniscata.

E falou mais: “que nós poderemos, num futuro não muito distante, ultrapassar este espaço e ir além”. Certamente que para sairmos deste casulo/espaço, muitos fatores estarão envolvidos: nível consciencial, carga elétrica, conhecimento, sabedoria e muitos outros desafios mais.

infinito

Segundo nosso parceiro, nós não vamos romper a linha que circunda esse espaço do INFINITO, mas nós devemos nos equalizar com essa linha que nos mantêm enclausurados e então irromperemos e adentraremos em um novo/velho espaço de ainda muitos e infinitos Universos.

Perguntamos então, quantas dimensões estarão presas dentro desse espaço chamado INFINITO? A terceira dimensão, sabemos agora que está, porque esta comunicação veio para os “diferentes”, para os que estão despertando, emergindo do mergulho que deram na escuridão e na densidade da terceira dimensão, veio para aqueles que estão dissipando paradigmas, rompendo as amarras que os aprisionavam a este plano, isto é: para os que estão buscando o Novo Conhecimento que se encontra muito, muito além das coisas que a ciência terrestre consegue alcançar.
Há Informações e conhecimentos que nos são passados que são muito insólitos, insondáveis ainda, tão elevados e avançados que se tornam inacessíveis e difíceis de serem assimilados sem que nossa mente fique congestionada pela profundidade dos temas e sobrecarregada, entre em pane.

Diz o Livro dos Espíritos: “… Isto te confunde a razão… Não é na pequenina esfera que vos achais que podereis compreendê-lo”.

Somente consciências e mentes elevadas e desprendidas da matéria, dos sentimentos negativos e emoções perniciosas podem receber instruções deste Novo Conhecimento e saber o que é o Verdadeiro Universo! Há Leis Universais que são imutáveis e são religiosamente respeitadas por aqueles que habitam outros planos/dimensões e estas regem todos os Universos existentes e todos os Seres que os habitam. Motivo pelo qual, há uma extraordinária preparação para aqueles que querem saber mais, desvelar novos mistérios e assumir maiores responsabilidades.

Atualmente uma nova linguagem matemática ou metamatemática utiliza muitos sinais e símbolos trazendo obstáculos para entendê-los, talvez seja a necessidade de, ainda, manter alguns segredos protegidos.

Para muitos a palavra Lemniscata/Infinito significa: a respiração, a circulação ou o ritmo do espaço do Infinito. Ele simboliza a ausência do começo e do fim. Para outros, representa o equilíbrio dinâmico e perfeito do ritmo corporal ou, ainda, a aceitação daquilo que não podemos compreender mas do qual fazemos parte. Será esse Infinito uma fronteira a ultrapassarmos? Quando, como e por quê ?

O Infinito está além da nossa razão. Seria um local onde estamos de passagem? Talvez por um período ou vários períodos de nossas tantas vidas e, quando prontos e perfeitos, transformados, livres dos egos, faremos aí a nossa passagem para outro espaço real? Pode ser pensado como algo transcendental mas somente pelo tempo que quisermos! Tudo está em nós e tudo dependerá de nós, da nossa força, da nossa energia, nós somos deuses criadores e por isso nós temos o poder de realizar, de conseguir e obter aquilo que queremos.

Somos parte desse Universo e ele é parte de nós. Nossa Alma é a Centelha que brilha, nos “diferentes”, ela é uma infinitésima parte do UNO. Vamos escutá-la e senti-la, é dela que emana e flui a energia do invisível e ÚNICO CRIADOR.
Se nascemos nesse espaço do Infinito é porque nele é que temos de buscar nossa evolução para prosseguirmos a mundos superiores em razão e consciência.

Portanto, somos tão ou mais infinitos que o Infinito Universo do qual fazemos parte.

Houve um início, houve um elemento primordial dando sequência a outras matérias ulteriores. As fontes, a origem, são irreveláveis e inapresentáveis, não exibíveis, nossa ciência não consegue alcançá-las pois foram criadas pelo ABSOLUTO. Motivo de estar o INFINITO além da nossa compreensão.

Logo mais, num futuro muito próximo, como nos alertou um querido amigo, parceiro vindo das estrelas, quando ultrapassarmos a linha do Infinito, teremos então, uma visão maior, mais palpável, mais profunda e, ampliada do Universo total. Alcançaremos e visualizaremos outros milhões de níveis dimensionais e espaços que estão, no momento, inalcançáveis/inacessíveis e muito distantes do nosso tão restrito conhecimento.

Celedina Consuela

Publicado por: Celedina Consuela Muxfeldt

Celedina Consuela Muxfeldt
Advogada, Pesquisadora de Ciência Lilarial do Dakila Pesquisas, Palestrante e Instrutora de temas conectados com o despertar da consciência cósmica e mantenedora do Portal2.org.br.

Interaja conosco. Comente abaixo