Poesias

Está na Hora de Voltar pra Casa

Letra: Borboletas azuis ágeis esvoaçam sobre jardins floridos um sincronismo preciso caótico transcende a realidade as borboletas retornam aos casulos escuros sofridos não se tornam lagartas apenas mudam de identidade. Pássaros pretos ágeis movimentam sobre galhos ressequidos uma energia estranha presente distorce a realidade os pássaros retornam aos ninhos pequenos…

Continue lendo →

Nas Gavetas do Meu Corpo

Letra: Escolhi a maior gaveta para colocar os sorrisos teus, aqueles que foram trocados nos momentos de intensa sensibilidade. São tantos que vou organizá-los por tempo de exposição, mas estou com um problema: tem alguns que até hoje ainda não se completaram, permanecem, como tochas ardentes pela minha eternidade. Nas…

Continue lendo →